Páginas

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Ed Sheeran - Photograph (Tema do filme "Como eu era antes de você") Lege...

domingo, 21 de outubro de 2018

The shadows - Apache

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Hooked on a Feeling (Tradução Legenda em PT- BR) - Guardiões das Galaxia...

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

CARTA DE ALBERT EINSTEIN Á SUA FILHA LIESER

CARTA DE ALBERT EINSTEIN Á SUA FILHA LIESERL
“ ... Existe uma força extremamente poderosa que a ciência, até agora, não encontrou uma explicação formal. É uma força que inclui e governa todas as outras forças, que está por trás de todo fenômeno que ocorre no universo, e que ainda não foi identificada por nós. Esta força universal é o AMOR.
Quando os cientistas buscavam uma teoria unificada do universo eles se esqueceram da mais invisível (sutil) e poderosa de todas as forças.
O Amor é luz, porque ilumina a quem dá e a quem recebe. O Amor é como a gravidade, porque faz com que algumas pessoas sintam-se atraídas por outras. O Amor é poder, pois multiplica o que temos de melhor, e permite que a humanidade não seja extinta devido seu egoísmo cego. O Amor revela e descobre. Pelo Amor vivemos e morremos. O Amor é Deus, e Deus é Amor.
Esta força explica e dá um sentido maiúsculo à vida. É a variável que temos ignorado por muito tempo, talvez porque temos medo do Amor, porque é o único poder no universo que o homem não aprendeu a manejar de acordo com sua vontade.
Para dar visibilidade ao Amor, fiz uma substituição simples na minha equação mais famosa. Se em vez de E = mc2 aceitarmos que a energia para salvar o mundo pode ser obtida através do amor multiplicado pela velocidade da luz ao quadrado, chegaremos à conclusão de que o amor é a força mais poderosa que existe porque não tem limites.
Após o fracasso da humanidade no uso e controle de outras forças do universo, que se voltaram contra nós, é urgente que nos alimentemos de outro tipo de energia. Se quisermos que a nossa espécie sobreviva, se quisermos encontrar sentido na vida, se quisermos salvar o mundo e todos os seres que nele habita, o amor é a única e última resposta.
A humanidade talvez ainda não esteja preparada para fabricar uma bomba de amor, um artefato poderoso o suficiente para destruir todo ódio, egoísmo e avareza, que assolam o planeta. No entanto, cada indivíduo carrega dentro de si um pequeno, mas poderoso gerador de amor, cuja energia está a espera de ser liberada.
Quando aprendermos a dar e receber esta energia universal, querida Lieserl (sua filha), comprovaremos que o amor tudo vence, tudo transcende e tudo pode fazer, porque o amor é a quintessência da vida ...”
“... Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor... Lembre-se: se escolher o mundo, ficará sem o amor, mas se escolher o amor, com ele conquistará o mundo.”
Albert Einstein
"A finales de los años 80, Lieserl, la hija del célebre genio, donó 1.400 cartas escritas por Einstein a la Universidad Hebrea, con la orden de no hacer público su contenido hasta dos décadas después de su muerte. Acá una de ellas."
http://mundodelyoga.com/el-amor-carta-de-albert-einstein-a…/

domingo, 7 de outubro de 2018

LISBOA - PORTUGAL | VIAJE COMIGO 46 | FAMÍLIA GOLDSCHMIDT

Cádiz, con Los cinco sentidos. Cádiz

Turismo - Conheça Barcelona Espanha

GENOVA, A BELA CAPITAL DA LIGÚRIA

.


Gênova é uma cidade italiana com 260 mil habitantes, localizada no mar da Ligúria. Foi a cidade onde nasceu Cristóvão Colombo, um de seus filhos mais ilustres, homenageado em vários ponto da cidade. Na Idade Média foi uma das três cidades mais importantes do mundo ao lado de Veneza e Constantinopla. É o maior Porto de Mar da Itália e se rivaliza co Marselha na França, como o maior centro portuário e industrial do mar Mediterrâneo. Neste vídeo contamos um pouco de sua história e mostramos seus principais pontos turísticos. Uma edição deste vídeo narrada em italiano já foi publicada.


A Ligúria é uma região do noroeste da Itália com 1,7 milhão de habitantes e 5 410 km² cuja capital é Gênova. Tem limites ao sul com o mar Lígure, a oeste com a França, a norte com o Piemonte e com a Emília-Romanha, e a leste com a Toscana

sábado, 6 de outubro de 2018

MARSEILLE Travel Guide, 5 best places in marseille france !!


Marselha
Cidade na França


Marselha, cidade portuária no sul da França, é um importante centro de imigração e comércio desde que foi fundada pelos gregos por volta de 600 a.C. No seu coração está o Vieux-Port (Porto Velho), onde pescadores vendem peixes ao longo do cais repleto de barcos. A Basílica de Notre-Dame-de-la-Garde é uma igreja de estilo românico-bizantino. Entre os monumentos modernos, destacam-se o influente complexo Cité Radieuse, de Le Corbusier, e a CMA CGM Tower, de Zaha Hadid .
É um lugar de praças tranquilas e becos com degraus, avenidas movimentadas do século 19 e mercados de rua. As ruas labirínticas da ladeira Le Panier, parte mais antiga da cidade, apresentam uma mistura inebriante de culturas. A Vieille Charité, um abrigo para pobres do século 17, é hoje um centro cultural com museu arqueológico e de arte primitiva. A Abadia fortificada de São Victor foi fundada por São Cassiano e construída sobre a cripta do século 5 que abriga seu sarcófago. A antenada Cours Julien tem lojas, bares, restaurantes e galerias. A especialidade da culinária local é o bouillabaisse, um ensopado de frutos do mar aromático. hill. No norte do Vieux Port está a parte antiga de Marselha, Le Panier, onde até a última guerra, minúsculas ruas, escadarias íngremes, criações mediterrâneas e casas de todas as épocas formaram uma "vieille ville" típica da Côte. 
le panier    Escondido no coração do 2e arrondissement de Marselha fica um pequeno bairro muito simpático com arquitetura tipicamente provençal e que é um dos mais antigos da cidade, chamado Le Panier. Em algumas lojas podemos encontrar  os conhecidos sabonetes de Marselha. 
vieux de port   O Porto Velho de Marselha fica no final da Canebière, a principal rua de Marselha. Foi o porto natural da cidade desde a antiguidade e é agora o principal local popular em Marselha. Tornou-se principalmente pedestre em 2013.


Bouillabaisse é um prato típico da culinária da França, comum na região do Mediterrâneo, que consiste de uma sopa ou guisado preparado à base de peixes brancos sortidos, filetes de peixe, vegetais e ervas aromáticas.
Trata-se, na verdade, de dois pratos: uma sopa, em que se serve o caldo sobre fatias duras de pão; e um prato de peixe e vegetais

La Bohème

Letícia 8 anos










quarta-feira, 3 de outubro de 2018

O circo só pega fogo quando damos confiança ao palhaço

O circo só pega fogo quando damos confiança ao palhaço: Não seja plateia de programa ruim, de espetáculo inútil, de palhaço sem graça. A chatice morre quando ninguém mais liga para ela. Deve haver explicações Fato é que, enquanto houver alguém dando ibope, essas pessoas manterão seu comportamento desagradável, pois seu ego estará recebendo o alimento de que precisa. Portanto, não seja plateia de programa ruim, de espetáculo inútil, de palhaço sem graça. Somente o retorno vazio é capaz de brecar comportamentos desagradáveis. A chatice morre quando ninguém mais liga para ela. Acredite: ignorar com sabedoria nos faz viver mais e melhor.

Glen Campbell - Yesterday When I Was Young (Tradução)

quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Já sentiu raiva de si mesmo por ter um coração tão bom com quem não merece?

Já sentiu raiva de si mesmo por ter um coração tão bom com quem não merece?: Quantas vezes não sentimos raiva de nós mesmos por termos um coração tão bom com quem não merece, e nos arrependemos de nossa bondade, docilidade e generosidade para com aqueles que simplesmente não estão nem aí?

terça-feira, 25 de setembro de 2018

relacionamento

Para ter um relacionamento de verdade, você precisará se despir dos filtros e se despedir da necessidade de aprovação a todo custo. Terá que entender que é somente uma alma humana, e como tal não carrega passaporte, diplomas ou medalhas. Terá que baixar a guarda, simplificar a aparência, ampliar o sorriso e abrir o coração. Só assim atrairá a “pessoa certa”, pois como já foi dito por alguém, “semelhante atrai semelhante”. E no final, você se sentirá recompensado, não somente pelos beijos, química e risadas, mas pela possibilidade de estar com alguém que conhece _ e aceita _ sua alma nua…

terça-feira, 21 de agosto de 2018

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

IMG 9777

pessoas

“Algumas pessoas são importantes,outras Especiais.
Algumas são diferentes,outras fazem a Diferença.
Uns fazem falta,outros se tornam Essenciais “

domingo, 19 de agosto de 2018

terça-feira, 14 de agosto de 2018

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

CULT CARIOCA : 4 CARACTERÍSTICAS DAS FAMÍLIAS TÓXICAS

CULT CARIOCA : 4 CARACTERÍSTICAS DAS FAMÍLIAS TÓXICAS: As famílias disfuncionais, normalmente conhecidas como famílias tóxicas, são criadas através de padrões de comportamento prejudiciais qu...

ilha de skye (Escócia)

https://demalasprontasblog.wordpress.com/2012/08/20/lugares-incriveis-a-ilha-skye-e-as-piscinas-das-fadas/

CONOCE ISLA MUJERES EN 1 DÍA (POCO PRESUPUESTO)

Não é de repente que o amor nasce ou morre Amar vem depois do conhecer, do conviver, do se mostrar. Desamar vem depois do tentar, do resistir, do sofrer, do esperar.

Por
 Prof. Marcel Camarg

O amor demora a se firmar porque se antecede pela paixão, que inicia o encontro entre duas pessoas. Primeiramente, somos atraídos pelo que o outro tem de bom e de agradável e idealizamos um romance de cinema junto com ele. O tempo, como sempre, acaba mostrando as verdades, o que era, o que não era, o que nunca foi, e vamos concedendo e nos ajeitando, para acomodar o amor na nossa vida e em nosso coração, entendendo que, apesar das imperfeições, o parceiro é nosso porto seguro.Ninguém acorda e decide que, a partir daquele dia, está amando fulano ou sicrano. O amor é construção, é luta, é entrega, apoio, é arroz-feijão, no cotidiano em que a vontade de ficar junto supera todo e qualquer entrave nesse percurso. E o amor também morre. Desamar é desconstrução. É desistência paulatina, demorada, dolorida. Da mesma forma, ninguém acorda e decide, a partir daquele dia, não mais amar fulano ou sicrano.
Deixar de amar é demorado, porque nós relutamos em desistir daquilo em que depositamos tanto de nós, daquilo com que sonhamos a vida toda. A gente se entrega, é verdadeiro, compartilhando tudo o que somos e temos, de maneira clara e límpida, e então fica difícil aceitar que não vinha nada do lado de lá. Dói ver o nosso melhor sendo ignorado e desvalorizado. Dói tomar a decisão de romper com o que tomou tanto tempo e tanta força da gente. Dói e demora.
É de se estranhar, por isso, a perplexidade de muitos, quando o parceiro toma a decisão de romper, como se aquilo fosse algo repentino, sem razão, como se nada tivesse acontecido para aquela atitude estar sendo tomada. Isso só comprova o quanto aquela pessoa que ficou surpresa ignorava o parceiro, o quanto ela deixou de olhar para o lado, de ouvir o outro, de perceber que havia alguém ali precisando de carinho, atenção, de comprometimento afetivo. Mas então já é tarde.
Como se vê, não é de repente que o amor nasce ou acaba. Amar vem depois do conhecer, do conviver, do se mostrar. Desamar vem depois do tentar, do resistir, do sofrer, do esperar. Ambos levam tempo. Caso não estejamos abertos a tudo o que o amor requer, ele não entrará em nossos corações. Caso ele entre, mas não encontre terreno fértil, semeadura afetiva, vontade de lutar junto, então o amor não fincará raiz alguma e se diluirá em meio ao vazio sem reciprocidade. Desse jeitinho.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Outlander Theme The Skye Boat Song (legendado)

Outlander Abertura legendada

etapa da vida

“Sempre é preciso saber quando uma etapa da nossa vida acaba. Se você insiste em permanecer nela por mais tempo do que foi necessário, perde a alegria e o sentido. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos, como quiser chamar. Não podemos estar no presente desejando o passado. O que aconteceu, aconteceu, e é preciso soltar, é preciso se desprender. Não podemos ser crianças eternamente, nem adolescentes tardios, nem empregados de empresas inexistentes, nem ter vínculos com quem não quer estar vinculado a nós.
Os fatos passam, e é preciso deixá-los ir!” 
– Paulo Coelho –

A JUVENTUDE DA MATURIDDE - Martha Medeiros

Foi só ela ouvir o cumprimento e virou o rosto como se estivesse sendo agredida. “Não repita isso de novo. Não sei o que há de feliz em ficar mais velha”.

Respondi: “Você diz isso porque está fazendo 34 anos. Quando fizer 52, vai sentir vontade de pendurar balões pela casa”.

Ela desvirou o rosto e voltou a me encarar como se eu estivesse tendo algum surto de insanidade. Exatamente como aquelas expressões que ilustram a coluna da Mariana Kalil aqui no Donna, com um baloon escrito “HÃ?”.

Só quem atravessa ao menos cinco décadas de vida pode entender a bênção que é entrar na segunda juventude.

Claro que antes é preciso passar pelo purgatório. Poucos chegam aos 50 anos sem fazer uma profunda reflexão sobre a finitude, e dá um frio na barriga, claro. Amedronta principalmente quem ainda não fez nem metade do que gostaria de já ter feito a essa altura. Será que vai dar tempo?

Passado o susto, a resposta: vai. E se não der, não tem problema. Você não precisa morrer colecionando vontades não realizadas. Troque de vontades e siga em frente sem ruminar arrependimentos. Você finalmente atingiu o apogeu da sua juventude: é livre como nunca foi antes.

Sendo assim, não passe mais nem um dia ao lado de alguém que lhe esnoba, lhe provoca ou que não se importa com seus sentimentos. Pare de inventar razões para manter seus infortúnios, você já fez sacrifícios suficientes, agora se permita um caminho mais fácil. Se ainda dá trela a fantasmas, se ainda pensa em vingançazinhas ordinárias, se ainda não perdoou seus pais e seu passado, se ainda perde tempo com vaidades e ambições desmedidas, se ainda está preocupado com o que os outros pensam sobre você, está pedindo: logo, logo vai virar um caco.

Para alcançar e merecer a segunda juventude, é preciso se desapegar de todas aquelas preocupações que existiam na primeira. Quando essa Juventude Parte 2 terminar, não virá a Juventude Parte 3, mas o fim. Então, esta é a última e deliciosa oportunidade de abandonar os rancores, não perder mais tempo com besteiras e dar adeus à arrogância, à petulância, à agressividade, ou seja, adeus às armas, aquelas que você usava para se defender contra inimigos imaginários. Agora ninguém mais lhe ataca, só o tempo – em vez de brigar contra ele, alie-se a ele, tome o tempo todo para si.

Eu sei que você teve problemas, e talvez ainda tenha – muitos. Eu também tive, talvez não tão graves, depende da perspectiva que se olha. Mas isso não pode nos impedir a graça de sermos joviais como nunca fomos antes. Lembra quando você dizia que só gostaria de voltar à adolescência se pudesse ter a cabeça que tem hoje? Praticamente está acontecendo.

Essa é a diferença que tem que ser comemorada. Na primeira juventude, tudo vai acontecer. Na segunda, está acontecendo.

segunda-feira, 30 de abril de 2018

a maternidade

A Maternidade por Rafaela Carvalho     
A

Leia mais uma vez. Deixe a frase ancorar, fazer sentido.
Você nunca mais será amada dessa forma.
A incessante necessidade do toque, do contato físico. Acaba.
O constante chamar, o querer dividir todas as mais simples, minúsculas coisas:
"Olha o que eu consigo fazer, mamãe!".
Acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
O cobrir todas as noites antes de dormir, os pezinhos que te escalam durante as refeições, os beijos molhados pós-banho. Isso acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
Os pulos na sua cama, o corpo que vira pista de carrinho, os giros de dança que bagunçam o tapete da sala, o pentear dos cabelos úmidos. Acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
Os sanduíches às sete da manhã de domingo, os desenhos debaixo das cobertas, o abraço na madrugada após um pesadelo, o contar histórias. Acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
Esse amor, a vontade de estar tão perto que às vezes nos sufoca. Acaba.
Você nunca mais será amada dessa forma.
A verdade é que quando os filhos são assim, pequenos, é a fase da vida em que nossa adoração é quase que recíproca. Mas passa.
Eles crescem e cresce a necessidade de viver outras histórias, outras pessoas, outros sonhos.
É a lei da vida, o caminho certo, é saudável. Mas ainda assim, mesmo sabendo que criar asas é um dos atos mais lindos da maternidade, ver voar é um “doce amargo”.
Será sempre a alegria mais estranha que já se ouviu falar. Uma felicidade diferente que, ao chegar, forma buracos. Um misto de vazio com a sensação de missão cumprida.
Ver voar é aplaudir cada conquista, mas ainda querer sentir as mãozinhas pequenas que te agarravam pelas pernas. É se orgulhar, apoiar, mas com um eterno gostinho de saudade. Saudade do tempo que passou.
Saudade de ter os filhos sempre ao alcance dos olhos. E acima de tudo, saudade dessa fase. Desse amor. Esse que você tem agora, tão próximo, palpável, bem aí ao seu lado.
Por isso, quando o chamar, o tocar, o pedir, quando tudo estiver te levando à beira de um colapso nervoso, lembre-se: você nunca mais será amada dessa forma.
Texto do livro 60 Dias de Neblina da autora Rafaela Carvalho
Para comprar o livro: 60diasdeneblina.com
Instagram: @a.maternidade
* Por favor não repostar sem citar a fonte *

Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar. Olhe-se no espelho” lya luft

A fonte da juventude chama-se mudança.
De fato, quem é escravo da repetição está condenado a virar cadáver antes da hora. A única maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor a novos comportamentos, é ter disposição para guinadas.
Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos. Mudança, o que vem a ser tal coisa?Minha mãe recentemente mudou do apartamento enorme em que morou a vida toda para um bem menorzinho. Teve que vender e doar mais da metade dos móveis e tranqueiras, que havia guardado e, mesmo tendo feito isso com certa dor, ao conquistar uma vida mais compacta e simplificada, rejuvenesceu.
Uma amiga casada há 38 anos cansou das galinhagens do marido e o mandou passear, sem temer ficar sozinha aos 65 anos. Rejuvenesceu. Uma outra cansou da pauleira urbana e trocou um baita emprego por um não tão bom, só que em Florianópolis, onde ela vai à praia sempre que tem sol. Rejuvenesceu.
Toda mudança cobra um alto preço emocional. Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza. Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face.
Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna. Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho. Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar. Olhe-se no espelho”.  Lya  Luft


sexta-feira, 27 de abril de 2018